2.1.08

Faca e Alguidar

[Carolina]
O meu amor é tão lindo
Ai ó ai la ri ló lé la
Como a rosa quando abre
Ai ó ai la ri ló lô

[António]
Onde vais ó Carolina?
'spera aí que eu também vou

[Carolina]
Vou à horta a colher couves
que a minha avó me mandou


[Carolina]
Antoninho, cravo roxo
não entres no meu quintal
vem o dono, dá-te um tiro
que te pode fazer mal

[Coro]
Ao portal do seu quintal
deitou-lhe o braço por cima
[António]
- tu andas pra te casar
não mo neques Carolina


[António]
Toma lá esta facada
vai dizê-lo a tei irmão
e vai-lhe sempre dizendo
que ta dei no coração


[Coro]
Deitou-lhe o lenço por baixo
Para o sangue não correr
deitou-lhe as faces abaixo
pra ninguém a conhecer


[Coro]
A pobre da Margarida
Ai ó ai la ri ló lé la
Chora que mete terror
Ai ó ai la ri ló lô


Mataram-lhe a sua filha
Ai ó ai la ri ló lé la
Por causa do seu amor
Ai ó ai la ri ló lô


Uxu Kalhus

3 comentários:

Rosa disse...

a saia da carolina...

cursed eyes disse...

rosita!lembras-te do nosso compromisso no andanças?
pois bem, já consigo tocar a saia da carolina na gaita de foles!!:D beijinho
e a tua concertinidade como anda?

Rosa disse...

que fixe :D
não sabia que já tocavas gaita de foles!
o meu acordeão vai bem, já toco muita coisa, por isso a promessa foi cumprida ;) tenho é de o aproveitar bem pois em Março vou ter que lhe dizer adeus...
mas no andanças (ou antes!) juntamo-nos e tocamos a saia da carolina
um grande beijo